• PROBABILIDADES - HÁ SEMPRE 1 CHANCE DE SER FELIZ

  • GRANDES FILMES E SUAS FRASES MARCANTES

  • ENCONTROS CASUAIS ESTÁ DE VOLTA!

segunda-feira, 18 de março de 2019


Suzi se aproxima do apartamento de Regina e encontra a porta semiaberta. Cômodos arrumados, nenhum sinal de perigo. A sala estava solitária e a cozinha não estava muito limpa. Por enquanto, nenhum vestígio de Matt por ali.
Ao entrar, Suzi se surpreende ao ver as fotografias de Regina espalhadas em porta-retratos belíssimos. Ela pega uma foto com calma e fica atenta a cada detalhe. De repente, ela leva um susto com uma pergunta incomum:
- Ela não era linda? -Pergunta Matt.
Suzi deixa a foto e vira-se.
- Sim. Ela era muito bonita.
Matt fica com um olhar sério.
- O que faz aqui, Suzi Vielmont?
Suzi abaixa a cabeça e tenta encontrar respostas possíveis para aquela pergunta e imediatamente, sem hesitar, diz:
- Eu vim te ver, Matt!
Matt fica surpreso com a resposta da jovem.

Que Surpresa!

Brendha se desespera ao ver sua mãe morta e os vizinhos a confortam. O delegado local recebe a informação do assassinato de Dinorah e fica preocupado.
- Mais uma vítima! Não é possível! -Diz ele, saindo ás pressas.

Enquanto isso, Suzi provoca Matt, desabotoando sua camisa e seu cinto.
- Suzi, o que está fazendo? Eu estou á trabalho!
- Matt, relaxa! Eu sei que no seu íntimo, você me quer.
- Eu não posso, Suzi! Eu sei que você é linda, mas eu tenho esposa e filho. Eu não posso trair a minha esposa. -Diz Matt, tentando se controlar.
- Relaxa, gato! – Ela pede.
De repente, o telefone toca e Matt decide atender ao chamado, mas Suzi o detém.
- Pode ser importante, Suzi!
- Relaxa, Matt! O importante é que estamos fazendo agora. - Ela responde, lhe dando um beijo nos lábios e afastando dele o celular.


Mais tarde, Matt encontra Sr. Smith na casa de Dinorah.
- Desculpe pelo atraso. Eu recebi o seu chamado. O que houve?
- Matt, onde você estava? Eu te liguei que nem louco pra avisar que houve mais uma vítima.
- O que houve? E por que estamos na casa da Dinorah?
- A Dinorah foi assassinada, Matt! -Ele revela, sem piedade.
Matt engole a seco.
Ao analisar o corpo, o policial comenta com o delegado.
- Há quanto tempo está aí?
- Mais de uma hora e meia. -Responde ele.
- Quem teve coragem de matá-la?
- Essa pergunta não sei responder, mas provavelmente, alguém sabe que você a visitou e que está investigando o caso.
- Primeiro Regina, agora Dinorah! Isso significa que haverá outros.
- O que você está insinuando?
- Tenho que conversar com mais dois amigos de Regina: Anderson e Justine!
- E quanto ao Olivier? Acha que ele corre perigo?
- Claro, delegado! Temos que protegê-lo o mais rápido possível! E quanto á filha da vítima?
- A Brendha está segura. Mas eu concordo plenamente, meu amigo! -Diz o delegado, consentindo. - Matt, você está bem? Parece nervoso? -Ele percebe sua expressão.
- Não é nada, Sr. Smith! -Tenta disfarçar Matt.
- Matt, somos amigos há muito tempo. Eu te conheço como se fosse meu filho. Diga o que está sentindo! Se abra comigo!
Matt fica em silêncio, mas depois desabafa.
- Eu traí a Christine, Sr. Smith!
Sr. Smith resolve se sentar numa cadeira da cozinha, tomado pelo impacto daquela revelação e Matt continua.
- Eu não sei o que me deu na cabeça que não consegui resistir à tentação dela.
- Matt, quem é essa mulher que te deixou assim, meu amigo?
- Foi uma louca que conheci há pouco tempo, mais ou menos, uns dois dias atrás. Enfim, já aconteceu! Não tem como voltar atrás.
- Matt, que loucura! Eu sei que é difícil resistir à tentação de uma mulher, mas eu nunca imaginei que você pudesse agir assim. Sempre foi um homem digno, responsável!
- Sr. Smith, não me incrimine! Eu sei que fui um completo idiota, mas não vai acontecer mais! -Diz Matt, abaixando a cabeça e colocando suas mãos na nuca.
- Pelo menos essa mulher tem nome?
- Sim. Suzi Vielmont. -Ele responde. -Até agora, não acredito no que fiz!
- Não fica assim, Matt! O que aconteceu foi apenas um deslize. Vou servir um café pra nós dois! -Diz Smith, se levantando. -Eu estive com a sua esposa em meu escritório.
- Christine? O que ela queria?
- Veio falar sobre o seu trabalho e pela cara dela, você não podia ter se envolvido neste caso. -Responde o delegado, deixando Matt em silêncio. -Mas não se preocupe! Eu conversei com ela e acho que no final da nossa conversa, ela deve ter entendido que se continuasse agindo como age, ela iria te perder, meu amigo. Agora, por favor, não cometa outro deslize! Christine não merece.  -Diz ele, sério.
Matt fica pensativo.

Em casa, Matt põe Renan pra dormir e Christine observa da porta do quarto.
- Será que ele vai se adaptar na nova casa? -Pergunta ele.
- Não sei. Ele adora a escola, os amigos dessa cidade.
- Será difícil, mas não impossível! Ele vai fazer novos amigos e com certeza, vai curtir a casa nova que compramos.
- Assim espero. -Ela diz, arrumando o lençol sobre o menino. - Como anda as investigações?
- Eu não tenho nenhuma informação coerente.
- Espero que consiga terminar logo esse caso.
Matt desliga a luz do quarto e sai acompanhada de Christine.
- Eu queria pedir desculpas por sempre me opor no seu trabalho.
- Tudo bem. Não precisa pedir desculpas. Eu sei que o meu trabalho está me deixando sem tempo pra você e para o Renan.


- Eu só quero te ver feliz, meu amor! Se você se sente melhor trabalhando, o que eu posso dizer, né? Eu não quero que a gente discuta mais!
- Eu também não quero, Christine! Quando eu fechar esse caso, vou tirar férias e prometo que a gente vai ser feliz juntos na nossa nova casa ao lado do nosso amado filho e as coisas vão melhorar prá nós dois.
- Claro, meu amor! Eu vou estar contando os minutos pra isso acontecer. -Diz Christine, o beijando nos lábios e lhe envolvendo num grande abraço.

Seremos Felizes

No dia seguinte, Matt tenta consolar Brendha pela perda da mãe e a tia fica arrasada pela situação ocorrida. De repente, um rapaz alto e magro surge porta adentro e Brendha o abraça fortemente. Matt observa.
- Você está bem, Brendha? Eu sinto muito por sua mãe.
-Diz o rapaz.
- Eu não queria que ela morresse, Anderson! -Diz a menina.
Matt finalmente conhece mais um integrante do círculo de amizades de Regina.
- Bom dia! Meu nome é Anderson. -Ele o cumprimenta.
- Bom dia!  Eu me chamo Mathew.  -Ele responde.
- Você é amigo da família?
- Sim. Dinorah era quase uma irmã pra mim. Por quê?
- Anderson, eu sou policial investigativo e estou trabalhando pra resolver o caso de Regina Winston. Posso conversar com você por alguns minutos?
- Ah, claro! -Responde ele, sem hesitar.

Enquanto isso, Suzi telefona para o desconhecido e avisa que já chegou o pacote.
- Você já desembrulhou o pacote? -Ele pergunta.
- Ainda não. Decidi te ligar antes pra saber se eu posso ou não?
- Claro. Pode sim, Suzi! E não esqueça: depois que abrir o pacote, você precisa cumprir a sua missão.
- Eu sei exatamente o que fazer. -Ela desliga.
Com o pacote em mãos, ela tenta manter a calma e a ansiedade.
“Vamos ver o que temos aqui!”
Ela pensa.

Neste momento, Matt dialoga com Anderson.
- Você conhecia bem Regina?
- Sim. Ela era uma grande amiga.
- Qual foi a última vez que a viu?
- Dois dias atrás. Eu estive na casa de Juliet e almoçamos juntos.       
- Certo! E quanto á Dinorah? Qual foi a última vez que a viu?
- Ontem mesmo. Eu estava ajudando ela a colocar algumas coisas no carro pela manhã. Depois que terminei meus afazeres, nos despedimos e cada um seguiu seu rumo.
- E não voltou mais na casa dela ontem?
- Não, policial! Por que me interroga, afinal? Acha que eu a matei? -Ele se sente irritado e começa a agir com ignorância.
- Eu não estou insinuando nada, Anderson. É o meu trabalho saber!
- Você está cometendo um erro falando comigo. Enquanto você faz as perguntas aqui, outra pessoa pode estar correndo perigo lá fora.
- Não entendi! Pode ser específico?
- Você acha que Dinorah foi a última pessoa á morrer? Acho que não! Tenho mais amigos, Mathew!
- Eu só queria entender os motivos que cercam esses assassinatos. Alguém está ciente que eu vou descobrir toda essa rede de falsidades e segredos e estão tentando me impor certos desafios. Sabe me dizer quem está por trás disso tudo?
- Mathew, eu não sei de nada! Portanto, o que sei já lhe disse nessa sala. Regina e Dinorah foram vítimas inocentes e eu não quero mais perder nenhum amigo ou ente querido nesta vida. -Diz Anderson, determinado.
- Você tem a minha palavra que seus amigos serão protegidos!
- Fala sério, policial! Nunca se sabe o que será de amanhã. Pode ser eu ou você o próximo!
- Você fala de um jeito que parece estar ciente de algo que não sei. – Insiste Matt.
- Eu acabei de perder uma amiga minha. Por favor, exijo que respeite o momento e pare de me interrogar. – Diz Anderson, já tenso com toda a situação.
Matt pede desculpas e se afasta do rapaz que decide ficar próximo de Brendha. Smith olha para Anderson e comenta com Matt que algo está muito estranho por ali.

Mais tarde, Anderson sai da casa da mãe de Brendha e toma seu carro Siena vermelho e liga os motores. Do outro lado, Suzi acende um cigarro e o observa em seu carro Corsa branco. O Siena sai apressado e Suzi o segue. Anderson, que estava com o celular conectado no painel do volante, decidiu fazer uma ligação.
- Pode falar! O que você quer? -Pergunta a voz.
- Eu só queria te avisar que aquele policial vai ser o encalço no nosso sapato.
- O que você disse a ele?
- Nada demais! Mas eu estou preocupado!
- Não fique! Vamos pegá-lo antes que ele saiba a verdade. Agora, mantenha contato assim que tiver novas informações.
- Pode deixar! -De repente, ele vê um corsa o seguindo por detrás. - Essa não!
- O que houve? -Pergunta a voz.
- Estão me seguindo. O que faço?
- Aja naturalmente e tenta não deixar rastros.  - Ele ensina.
- Vou ver o que faço aqui. Preciso desligar!
- Ok! -Responde a voz.


Anderson desliga o celular e segue em frente a toda velocidade. Suzi o segue e tenta não perdê-lo de vista.

Seguindo

*Peço desculpas pelo atraso da postagem.


*Próximo Capítulo: 23/03 - 20hs
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Marcadores

4 Non-Blondes 50 Cent A Dona do Pedaço A Dor desse Amor A Força do Querer A-ha Abalou Abraço Abuso Sexual Ação Acidente Águas de Março Alceu Valença Alegria Alguém Always Amizade Amor Andanças Anjo Anjos Antarctica Antônio Ramos Rosa Anunciação Aplicativo Aquela Nuvem Atenção Ausência Avenida Brasil Ayrton Senna Baby Banda Beijo Banda Eva Beijo Beijo Roubado Bella Berimbau Metalizado Berlin Beth Carvalho Bleeding Love Bob Marley Bon Jovi Cachimbo da Paz Cafuné Calor Candy Shop Canto Carinho Carnaval Cássia Eller Castles in the Air Certeza Charlie Brown Chega Cheiro Cheiro de Amor Chikungunya Claudia Leitte Coincidência Coisas Come Undone Comédia Companheirismo Completamente Apaixonados Confiança Controle Convicção Coração Cores Crazy Crepúsculo Culpa Daniela Mercury De Ladinho Decepção Demi Lovato Dengue Deniece Williams Descaso Desejo Desisto Destino Devagar Devagarinho Dezembro Dire Straits Disney Distância Distante Divulgação Don Mclean Drama Duran Duran Ebook Edward Eline Porto Elis Regina Encontro Engenheiros do Hawaii Entretenimento Erótico Especial Espera Esquecimento Estrelas Êxtase Febre Amarela Felicidade Filho Filmes Fim de Ano Flashback Folia Força Fragilidade Frases Frio Futuro Gabriel Diniz Gabriel Pensador Game of Love Gameshow Gilliard Glória Perez Gravidez Gshow Haddaway Holly Vallance Homenagem Hot Hunting High and Low I Want You Back Ideia Imprevisível Demais In This Country Iniciativa Inspiração Investigação Irene Cara Ivete Sangalo Iza Jenilo João Emanuel Carneiro Jogo Jonas Brothers Julio Iglesias Justin Bieber Katwel Kid Abelha Kiss Kiss KLB Lado Lágrimas e Chuva Lambada Leona Lewis Lets Hear it for the boy Liberdade Lithium Livin La Vida Loca Livin on a Prayer Livro Love Love is all Around Luan Santana Luz Mãe Mágica Malandragem Mano Walter Marcelo Augusto Martinho da Vila Marvin Gaye Matsu MC Kekel MC Kevinho Me Espera Medida Michele Branch Miley Cyrus Miúcha Momento Momentos Money for Nothing Mundo Música My Love N'Sync Na Base do beijo Namorados Não Deixo Não Natal Natalie Imblugia Natasha Bedingfield Natural Negra Li Netflix Never Gonna Give You Up Nirvana Noite Novela O Bebê O Canto da Cidade Olhares Olhos One Love Oportunidade Ovelha Pai Paixão palavras Palpite Passado Paternidade Patrick Swayze Paz Paz Carnaval Futebol Pela Luz dos Olhos Teus Pensamento Pepê e Neném Perae Período Pesadão Pessoas Pintura Íntima Piscininha Poesia Pop Príncipe Prisão Probabilidade Querer Quize Rede Globo Rede Social Reflexão Relacionamento Virtual Ricky Martin Robin Zander Romance Sabiá Sangue Saudade Saúde Pública Scorpions Se Quiser Sem Você Não Viverei Senna Sentimentos Seriado Série Sertanejo Sexual Healing Shes Like The Wind Sinto Smells Like Teen Spirit Só por uma Noite Sofrência Sol Solidão Sonho sonhos Sorriso Sozinho Sucesso Surfista Solitário Suspense Take My Breath Away Tânia Mara Tempo Término Terra Texto The 100 Thiago Martins This is Promise You Tom Jobim Torn Traição Trailer Tribalistas Tudo Um dia a gente se encontra Unwritten Vai Sacudir Vai Abalar Vanessa Rangel Velha Infância Verdade Vida Vingança Você Você vai Estar na Minha Vou Festejar Voz Walcyr Carrasco Walk of Life websérie Wet Wet Wet Whadi Gama What a Feeling What is Love Wind of Change You are the One Youtube Zika

Direto do Canal do Youtube

SURF SHOP

Trilha Pop

AMAZON PRIME

TEM NOVIDADE CHEGANDO POR AÍ!!AGUARDE